segunda-feira, 25 de maio de 2009

Confiança do consumidor brasileiro sobe

A confiança do consumidor brasileiro subiu 1,3% entre abril e maio, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (25) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).
O índice de confiança passou para 100,5 pontos neste mês, ante 99,2 pontos no anterior. Em maio do ano passado, o índice registrado foi de 113,5.

O componente de situação atual elevou-se em 1,1%, para 98,5 pontos, enquanto o de expectativas cresceu 1,6%, para 102,3 pontos - maior nível desde setembro de 2008.
A taxa de consumidores que avalia a situação como boa subiu de 7,3 para 7,8% do total.
A pesquisa foi feita em mais de 2 mil domicílios das sete principais capitais do País, entre os dias 30 de abril e 20 de maio de 2009.

Fonte: PropMark

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Vivo estreia Pai e Filho



A Vivo apresenta nesta quarta-feira (20) sua nova campanha institucional, que reforça o poder de se estar conectado. A ação, intitulada Pai e Filho, é composta por um mix de comunicação com peças para TV, mídia impressa e internet, e aproveita para reforçar, no caso do impresso, a oferta vigente do serviço de banda larga móvel, Vivo Internet 3G.


Desenvolvida e criada pela Africa, a iniciativa faz parte da nova fase de comunicação da empresa, que adotou recentemente a assinatura Conexão como Nenhuma Outra. O filme narra uma situação possível em que a conexão em rede pode ajudar a abrir portas no campo pessoal ou profissional. O roteiro traz a história de um pai, recém desempregado, que tem como hobby montar cadeiras. Ajudado pelo filho, que começa a distribuir imagens dos produtos através de sua rede de contatos, o pai vê seu talento transformado em oportunidade de negócios.


Também foi desenvolvido um hotsite da campanha.



Assista abaixo o comercial:



video

terça-feira, 19 de maio de 2009

Perdigão e Sadia confirmam fusão


Acordo resulta na criação da BRF Brasil Foods S.A, que trará assinatura "O mundo com mais sabor".

Foi oficializada nesta terça-feira (19) a fusão entre Sadia e a Perdigão, que resulta na criação da BRF Brasil Foods S.A. A empresa será a maior empregadora do Brasil, com mais de 116 mil funcionários, e terá receita líquida de cerca de R$ 22 bilhões. A sede social da nova companhia será na cidade de Itajaí, Santa Catarina. A campanha para divulgar a novidade estreia nesta quarta-feira (20) em rede nacional. Desenvolvida pela agência Prole, a ação institucional será estrelada pela atriz Marieta Severo e já trará a nova assinatura da marca: "BRF, o mundo com mais sabor".

Depois de meses de especulação sobre a transação, a fusão resultará em uma das maiores exportadoras do País, com escritórios comerciais na Alemanha, Argentina, Áustria, Chile, China, Cingapura, Emirados Árabes, Holanda, Hungria, Inglaterra, Itália, Japão, Portugal, Rússia, Turquia, Uruguai e Venezuela. As duas empresas, que juntas detêm 63 mil acionistas, investiram nos últimos cinco anos cerca de R$ 8,5 bilhões e pretendem, com a megafusão, abrir novos pontos de atuação em todas as partes do mundo.

Segundo Nildemar Secches, presidente do Conselho de Administração da Perdigão, o controle de capital da BRF será difuso, sendo que a Perdigão terá 68% de participação na nova empresa e a Sadia 32%.

"Este é um evento muito aguardado, já que o primeiro contato que tivemos para a criação de uma grande empresa brasileira para o mercado internacional foi há dez anos. Depois de tantas idas e vindas, concretizamos esta parceria. Nesta estrutura, os co-presidentes serão representados por Nildemar Secches e por mim, com mandato de dois anos", disse Luiz Fernando Furlan, presidente do Conselho de Administração da Sadia.

No evento no qual foi oficializada a parceria, nesta terça-feira, Furlan também mostrou camiseta do Corinthians com o logo da BRF no lugar do da Batavo (marca da Sadia), indicando a possibilidade de a marca "entrar em campo" nos próximos jogos do time.

A comunicação das marcas de Perdigão e Sadia devem, ao menos por enquanto, continuar da mesma forma, sem alteração no atendimento por parte das agências. Por outro lado, a empresa fará pesquisa fora do País para avaliar como as marcas serão trabalhadas no exterior. "Não temos medo da competição. E o mercado americano é um de nossos targets principais", enfatizou Secches.



Sadia e Perdigão em números


As duas empresas possuem faturamento e valor de mercado muito semelhantes, o que mostra que estão competindo lado a lado no setor. A grande diferença é na variedade de produtos oferecida pela Perdigão e quantidade de centros de distribuição. Agora com a fusão, a unificação dos centros de distribuição causará grande efeito sobre as despesas.

























Os gráficos acima mostram que as rivais são quase idênticas no mix de produtos vendidos para o mercado interno e externo. No mercado doméstico, a receita de processados/industrializados é dominante. Já no mercado externo, o que prevalece é a venda de aves e suínos in natura.















O resultado de 2007 comprova que a Sadia venceu a disputa nesse ano.


Fonte: PropMark, Investidor Jovem e Folha de São Paulo

Tylenol lança sua 1ª campanha desde sua chegada ao Brasil


O medicamento Tylenol realiza sua primeira campanha publicitária desde que chegou ao Brasil, em 1974. Com comerciais em TV aberta e por assinatura, anúncio em mídias impressas, ações no ponto de venda e na internet, a marca aposta na ideia de mostrar que os bons momentos da vida não devem ser desperdiçados em decorrência das dores. A campanha tem como principal objetivo apresentar para o grande público a linha adulta da marca.


O comercial, desenvolvido pela JWT, volta a atenção dos consumidores para os bons momentos da vida, que não devem ser desperdiçados em decorrência das dores. O filme mostra um jovem com dores no ombro que aproveita para jogar futebol com seus amigos após livrar-se da dor, e uma mãe com dor de cabeça que ao solucioná-la vai ao parque de diversões curtir bons momentos com o seu filho.


Fonte: VOX NEWS

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Globo ressucita "No Limite" e SBT estréia novo formato de reality

A TV Globo vai "ressuscitar" o reality show "No Limite", sucesso no início desta década. O programa, inspirado no americano "Survivor", teve três edições -a última foi ofuscada pela primeira "Casa dos Artistas", em 2001. Segundo a Folha de S. Paulo, o programa já está praticamente certo aos domingos, após o "Fantástico", com apresentação de Zeca Camargo.

Já o SBT vai estrear um novo formato no segundo semestre. O programa está sendo chamado de "Solitária" e vem sendo comparado ao filme "Quarto do Pânico" (2002).